Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Opinião: XV pega a Portuguesa para chegar a sua terceira semifinal de A2

XV e Portuguesa fazem o segundo confronto das quartas nesta segunda-feira

Vitor Prates Publicado em 11/09/2020, às 11h28

Daniel Costa comandou a virada do XV na ida
Daniel Costa comandou a virada do XV na ida - Foto: Michel Lambstein/XV de Piracicaba

XV de Piracicaba e Portuguesa de Desportos se enfrentam na próxima segunda-feira, 14 de setembro, às 17h no Estádio do Canindé, em São Paulo. Duelo que vale vaga para a semifinal da Série A2. O Nhô Quim nos últimos dois anos é presença garantida. Já a Lusa não chega numa fase dessa desde 2013.

No primeiro jogo desta fase em Piracicaba, deu XV de virada por 3 a 2. O time comandado por Evaristo Piza joga por um empate para chegar às semifinais. Já o time da Capital precisa vencer por dois gols de diferença para levar a vaga. Caso vença por 1 gol de diferença, a vaga será decidida nas penalidades máximas.

O XV de Piracicaba, ao lado do Santo André, são as equipes com mais conquistas na Série A2, cinco. A Portuguesa tem duas conquistas.

XV de Piracicaba

Artilheiros: Daniel Costa (cinco gols), Caio Mancha (quatro gols) e Érison e Raphael Macena (três gols).
Rodadas na zona de classificação: 8
Rodadas na zona de rebaixamento: 03
Aproveitamento longe de casa: 47,62%

Retrospecto entre XV de Piracicaba e Portuguesa no Canindé: 42 jogos, sendo oito vitórias do XV de Piracicaba, 21 vitórias da Portuguesa e 13 empates.

A última vitória do XV de Piracicaba jogando diante da Portuguesa no Canindé, aconteceu no dia dois de dezembro de 1984, no qual o alvinegro venceu por 1 a 0, gol marcado por Ailton Luiz aos 27 minutos do primeiro tempo. De 1984 para cá, as duas equipes se enfrentaram em São Paulo 14 vezes, sendo oito empates e seis vitórias da Portuguesa.

Fato curioso entre as duas equipes

Há 32 anos, um gato salvou a Portuguesa de uma derrota. A partida aconteceria no dia 18 de maio de 1988. Durante o Campeonato Paulista daquele ano, um felino morreu eletrocutado no quadro de energia do Canindé e paralisou o jogo envolvendo o XV de Piracicaba. A paralisação aconteceu ainda na etapa inicial.

Na ocasião, a Lusa não apresentava um bom futebol e perdia por 1 a 0, resultado que eliminaria a equipe rubro-verde do estadual.

Os jogadores ficaram esperando o retorno da partida, dentro do campo. Horas depois foram avisados que não teria condições do jogo, pois um gato tinha entrado na caixa de luz. Com isso, o jogo foi anulado e marcado para o dia dois de junho. A Lusa venceu a partida por 1 a 0, gol de Bentinho. O gato que salvou a Portuguesa.


Vitor Prates é torcedor do XV de Piracicaba e apresentador do Programa Resenha Esportiva da Rádio Difusora AM 650 de Piracicaba.