Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Água Santa empata, frustra Rio Claro e retorna à elite do futebol paulista

Após fazer 2 a 0 na ida, Netuno empatou em 2 a 2 com o Galo Azul e se garantiu na final da Série A2

Redação Publicado em 27/05/2021, às 20h49 - Atualizado às 22h00

None
- Foto: Divulgação/Água Santa

O Água Santa confirmou seu retorno à elite do futebol paulista na noite desta quinta-feira. Após fazer 2 a 0 fora de casa, o Netuno recebeu o Rio Claro no Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo, pela partida de volta das semifinais da Série A2, empatou em 2 a 2 e celebrou o acesso. 

Deste modo, o Água Santa vai jogar a elite do futebol paulista pela terceira vez. Nas duas vezes que disputou a Série A1, em 2016 e 2020, o Netuno foi rebaixado. Em 2022, o time de Diadema terá a chance de dar fim a essa sina. 

Antes disso, porém, vai em busca do seu primeiro título profissional. O Água Santa espera o vencedor de Oeste e São Bernardo para saber com quem decidirá o caneco do segundo nível do futebol paulista.

O Rio Claro, por sua vez, desperdiça a chance de retornar à primeira divisão depois de cinco temporadas. O Galo Azul vai disputar a Série A2 pela sexta vez consecutiva no ano que vem. Vale ressaltar que o time comandado por Alberto Félix foi a principal surpresa desta edição, já que tinha uma folha salarial bem menor em relação à Água Santa, Oeste e São Bernardo, por exemplo. 

Bambam entra e aumenta vantagem do Netuno

Após não ter Jair e Denilson no primeiro tempo do jogo da ida, o Rio Claro conseguiu mandar a campo o trio formado por Denilson, Jair e Cesinha, que foi a principal arma ofensiva do time na competição. Apesar da postura ofensiva, o Galo Azul sofreu para criar chances e só colocou o goleiro Oliveira para trabalhar uma vez, em jogada de Jair.

Se o Rio Claro teve força máxima no ataque, o Água Santa sofreu com uma baixa ainda no pimeiro tempo. Renato Júnior sentiu uma lesão muscular e precisou ser substituído. E foi justamente seu reserva que mudou o jogo. Minutos após entrar na partida, Bambam pegou sobra do escanteio, finalizou e contou com desvios da retaguarda do Rio Claro para abrir o placar.

Rio Claro esboça reação, mas Rhuan sacramenta acesso do Água Santa

O Rio Claro voltou do intervalo para o tudo ou nada e empatou o duelo logo aos três minutos. Denilson fez o papel de pivô e rolou para Cesinha, que bateu, contou com desvio e marcou seu sétimo gol na Série A2. Antes dos 15 minutos, Jair havia acertado a trave e Cesinha quase marcou mais um em arremate de média distância. 

Aos poucos, o Rio Claro foi sentindo o cansaço e o Água Santa conseguiu ficar mais sossegado na partida. A tranquilidade deu confiança para o lateral Rhuan se aventurar ao ataque e sacramentar o acesso do Netuno. O ex-santista fez bela jogada pela esquerda, passou pela marcação e bateu cruzado. A bola bateu na trave e morreu no fundo das redes.

Nos minutos finais, o Rio Claro ainda conseguiu buscar o empate com Thiaguinho, que havia entrado durante o segundo tempo, mas não foi o suficiente. O Netuno festejou o acesso com um 4 a 2 no agregado. 

Água Santa 2x2 Rio Claro

Data: 27 de maio de 2021, quinta-feira
Horário: 18h45
Local: Estádio Municipal Primeiro de Maio, São Bernardo do Campo, SP
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistente 1: Fabrini Bevilaqua Costa
Assistente 2: Paulo Cesar Modesto
VAR: Douglas Marques das Flores
Cartões amarelos: Bileu, Ramon, Hélder e Rhuan (Água Santa)
Cartão vermelho: Luan Dias (Água Santa)
Gols:
Água Santa: Bambam, aos 36 minutos do 1º tempo, e Rhuan, aos 33 minutos do 2º tempo
Rio Claro: Cesinha, aos três minutos do 2º tempo, e Thiaguinho, aos 42 minutos do 2º tempo. 

Água Santa: Oliveira; Luis Ricardo, Hélder, Bruno Costa e Rhuan (Dieyson); Marzagão, Bileu (Ramon) e Luan Dias (Giovanni Pavani); Dadá Belmonte, Lelê (Deivid) e Renato Júnior (Bambam)
Técnico: Sérgio Guedes

Rio Claro: Rafael; Toninho, Roger Bernardo, Marcelo e Alysson; Magno (Thiaguinho), Formigoni (Juliano) e Cesinha; Junior Timbó (Kelvin), Jair (Maikon Aquino) e Denilson
Técnico: Alberto Félix