Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

América-RN estuda mercado da Série A2 e mira Léo Castro e dupla do Taubaté

Executivo de futebol do time potiguar falou sobre o interesse em Léo Castro, Boquita e Marcos Antônio

Redação Publicado em 18/06/2020, às 09h00

Léo Castro é o principal jogador do Juventus na Série A2
Léo Castro é o principal jogador do Juventus na Série A2 - Foto: Ale Vianna/C.A.Juventus

O América-RN está de olho nos jogadores que tem se destacado no Campeonato Paulista Série A2. O executivo de futebol do clube, Fabiano Melo, externou alguns nomes que o time analisa com bons olhos para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Entre os nomes citados está o de Léo Castro, artilheiro da Série A2 com nove gols em 12 partidas pelo Juventus. O goleador pertence à Ferroviária e teve seu vínculo com o Moleque Travesso encerrado no final de abril. O clube da Mooca ainda não comunicou se aceitará a proposta feita pelos atletas, que se ofereceram para atuar por um salário mínimo.

“Há possibilidade de ele [Léo Castro] vir, mas tudo vai depender das condições de quando o futebol for liberado. Encaixaria perfeitamente no lugar de [Tiago] Orobó”, disse Fabiano Melo em entrevista à TV Mecão.

Boquita é um dos destaques do Taubaté - Foto: Bruno Castilho/EC Taubaté

Além de Léo Castro, o América-RN tem interesse em Marcos Antônio e Boquita, destaques do Taubaté, vice-líder da competição. Recentemente, o Burro da Central revelou um plano para contar com a maioria dos atletaspara a retomada da Série A2.

“Conversei com eles dois, disse da possibilidade de trazer eles. Vai depender muito do recomeço do futebol. Eles têm contrato com o Taubaté. É um interesse, mas não tem nada de concreto. São atletas que têm a característica de jogar a Série D”, afirmou Fabiano Melo.

Descartados

Potiguar foi especulado, mas sua contratação foi descartada -

Foto: Ale Vianna/C.A.Juventus

O América-RN cogitou outros nomes que se destacaram nas primeiras rodadas da Série A2, como Daniel Costa e Thiago Potiguar. O jogador do XV de Piracicaba foi descartado por conta dos salários altos para a realidade do clube nordestino, enquanto o meio-campista do Juventus "não encaixaria para a característica do treinador Roberto [Fernandes]".