Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Com base de Velo e Cachorrão, Escanteio SP monta seleção de ida das quartas da Série A3

Velo Clube e EC São Bernardo tiveram nove dos 12 integrantes do time ideal

Lorenzo Meyer, Enrico Liberatori, Guilherme Medeiros, Gabriel Ambrós, Felipe Leite e Nicola Ferreira Publicado em 19/10/2020, às 20h30

EC São Bernardo venceu mais uma
EC São Bernardo venceu mais uma - Foto: João Romoli/EC São Bernardo

EC São Bernardo e Velo Clube venceram com boa vantagem e encaminharam suas classificações para as semifinais do Campeonato Paulista da Série A3. Deste modo, o Escanteio SP montou a seleção dos confrontos de ida das quartas de final usando jogadores dessas equipes como espinha dorsal.

Veja a seleção escolhida pela equipe do Escanteio SP: Pablo (Noroeste); Everton (Velo Clube), Alexandre (EC São Bernardo), Diego Chiclete (Nacional), Iago (EC São Bernardo); Niander (Velo Clube), Paranhos (Velo Clube) e Felipe (EC São Bernardo); Wesley Tanque (Comercial), Victor Sapo (EC São Bernardo) e Lucas Duni (Velo Clube). Treinador: Renato Peixe (EC São Bernardo).

Por que o Escanteio SP escolheu cada jogador?

Pablo (Noroeste): Líder disparado da primeira fase, o Noroeste encontrou dificuldades diante do Nacional, principalmente na etapa inicial. Seguro, o goleiro fez ótimas intervenções no empate sem gols, sendo uma delas em chute no cantinho de André Tavares.

Everton (Velo Clube): Apareceu na área e deu a assistência para o segundo gol do Velo Clube diante do Capivariano. Além disso, a defesa não sofreu gols e o Galo Vermelho pode até perder por um gol no jogo de volta.

Alexandre (EC São Bernardo): Defensivamente, o zagueiro fez uma boa partida contra um Batatais que pouco produziu diante de um Cachorrão intenso. No ataque, deu assistência para o primeiro gol de Victor Sapo, que abriu o caminho para vitória contundente do time do ABC.

Alexandre teve atuação de destaque - Foto: João Romoli/EC São Bernardo

 

Diego Chiclete (Nacional): O Naça fez uma partida de igual para igual contra o Noroeste, sendo até superior em alguns momentos. Diego Chiclete apareceu bem para brecar a bola aérea do rival, que usou e abusou do artifício, e chegou a salvar um lance quase em cima da linha.

Iago (EC São Bernardo): O lateral impressiona pela consistência e regularidade. Contra o Batatais, Iago apareceu bem ofensivamente e mostrou que tem repertório para atuar com segurança na defesa também. O lado esquerdo do Cachorrão é muito forte justamente por conta de suas subidas. 

Niander (Velo Clube): Grande partida do volante e capitão do Velo. Centro da articulação do meio-campo velista, Niander deu a assisência para o primeiro gol da partida e fez o cruzamento que resultou no segundo gol.

Paranhos (Velo Clube): Destaque no primeiro tempo da partida contra o Capivariano, Paranhos abriu o placar invadindo a área. Antes disso, já havia levado perigo em chute de fora da área defendido por Christofer.

Felipe (EC São Bernardo): Meia-armador, o camisa 10 ditou o ritmo intenso do Cachorrão para cima do Batatais, que não conseguiu sair disso. De quebra, ainda mostrou categoria e frieza para marcar o segundo gol do time do ABC.

Victor Sapo (EC São Bernardo): Victor Sapo só não conseguiu fazer chover em Sertãozinho. Principal nome da rodada, o centroavante fez dois gols, deu uma assistência e infernizou a vida da defesa do Batatais, ajudando o Cachorrão a praticamente assegurar a vaga.

Victor Sapo fez grande partida - Foto: João Romoli/EC São Bernardo

 

Wesley Tanque (Comercial): A partida contra o Linense, em Lins, caminhava para um empate sem gols quando Wesley Tanque deu a vitória ao Comercial no final do segundo tempo com gol de artilheiro, na pequena área.

Lucas Duni (Velo Clube): Não apareceu tanto durante a partida, mas deixou sua marca no segundo tempo: marcou de voleio o segundo gol do Velo diante do Capivariano e deixou a equipe ainda mais perto das semifinais.

Renato Peixe (EC São Bernardo): Mesmo sofrendo com 15 casos de Covid-19 logo no retorno da Série A3, o Cachorrão tem mostrado um futebol de quem é forte candidato ao acesso. Com repertório tático e intensidade, Renato Peixe tem se mostrado um treinador completo e é um dos grandes responsáveis pela campanha do time. Contra o Batatais, o EC São Bernardo sobrou.