Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Com presença restrita aos classificados, Escanteio SP monta seleção da rodada da Copa Paulista

Times que golearam na rodada, Novorizontino e São Bernardo formaram a espinha dorsal

Redação Publicado em 27/11/2020, às 19h40

São Bernardo goleou o Juventus
São Bernardo goleou o Juventus - Foto: Gabriel Goto/São Bernardo FC

A primeira fase da Copa Paulista chegou ao fim na última quarta-feira. Com presença apenas de jogadores dos 16 times classificados e predomínio de representantes de Novorizontino e São Bernardo, que aplicaram as maiores goleadas, o Escanteio SP montou a seleção da sexta e última rodada da fase de grupos da competição.

Veja a seleção escolhida pela equipe do Escanteio SP: David (Água Santa); Lucas Mota (São Bernardo), Marcos Vinícius (Marília), Igor (Atibaia) e Reverson (Novorizontino); Gabriel (Novorizontino), Gionnotti (São Bernardo) e Christopher (Novorizontino); Fabinho (Audax), Marcelinho (São Bernardo) e Jardisson (Primavera). Sérgio Ricardo (São Bernardo).

Entenda por que o Escanteio SP escolheu cada jogador

David (Água Santa): O goleiro ganhou uma vaga na seleção do Escanteio SP pela segunda rodada consecutiva. Diante do Nacional, David fez boas intervenções e garantiu o terceiro jogo seguido sem sofrer gols para o Água Santa, que de quebra assegurou a segunda posição de sua chave.

Lucas Mota (São Bernardo): Improvisado na lateral esquerda por conta de uma série de desfalques, o lateral-direito de origem fez uma boa partida. De quebra, ainda foi recompensado com o gol que fechou a goleada do Bernô sobre o Juventus. 

Lucas Mota virou 'coringa' no Bernô - Foto: Gabriel Goto/São Bernardo

 

Marcos Vinícius (Marília): Aos poucos, o Marília vem melhorando a defesa. Além de ajudar o MAC a não sofrer gols, o zagueiro foi o ataque e marcou o gol que abriu o caminho para o triunfo sobre o Botafogo fora de casa.

Igor (Atibaia): Diante do Velo Clube, o Atibaia tinha a missão de vencer de qualquer jeito para seguir sonhando com a classificação. Em uma boa atuação defensiva, principalmente de Igor, o Falcão conseguiu o triunfo por 1 a 0, suficiente para avançar como melhor quarto colocado.

Reverson (Novorizontino): O lateral-esquerdo foi importantíssimo para a goleada do Tigre sobre o Rio Preto, em duelo direto pela classificação. Ele participou dos dois primeiros gols, sendo o segundo feito pelo próprio jogador de 23 anos em uma linda jogada.

Reverson fez boa partida pelo Tigre - Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino

 

Gabriel (Novorizontino): Aos 17 anos, o primeiro volante do Novorizontino fez partida de gente grande contra o Rio Preto. Além de brecar o veloz ataque do rival, o jovem de uma ótima saída de bola ao Tigre.

Christopher (Novorizontino): Destaque do Novorizontino na Copa Paulista, o meia-atacante, que faz ótima dupla com Rômulo, foi decisivo na vitória do Tigre sobre o Rio Preto, já que marcou um gol e deu duas assistências.

Gionnotti (São Bernardo): O meia do Bernô infernizou a desarrumada defesa do Juventus. Partindo para cima e entrando na área em alguns momentos, Gionnoti teve ótima atuação e marcou dois gols – um deles foi um verdadeiro golaço.

Gionnotti é o artilheiro do Bernô na Copa Paulista - Foto: Gabriel Goto/São Bernardo FC

 

Jardisson (Primavera): O bom meia-atacante do Fantasma foi fundamental para o clube não precisar depender de outros resultados para avançar. Diante do XV de Piracicaba, ele marcou o gol do triunfo por 1 a 0.

Marcelinho (São Bernardo): Fazendo dupla com Gionnotti, o meia-atacante do Bernô foi outro que atormentou a defesa do Juventus. Saiu de campo recompensado com um gol e duas assistências.

Fabinho (Audax): Aos 21 anos, o jovem ex-Gremio saiu do banco de reservas na metade do segundo tempo, mas teve tanto para fazer uma atuação suficiente para ser lembrado na seleção do Escanteio SP. Em 27 minutos em campo, marcou um gol e deu uma bela assistência.

Sérgio Ricardo (São Bernardo): Sem Marcelo Veiga, entubado em tratamento para a Covid-19, é o auxiliar que tem comandado o Bernô. E tem conseguidos resultados importantes mesmo com a equipe sofrendo com o surto do coronavírus dentro do elenco. Diante do Juventus, o São Bernardo, momentaneamente de Sérgio Ricardo, mostrou um ótimo futebol e construiu a goleada naturalmente.

Jogadores desejaram força a Marcelo Veiga- Foto: Gabriel Goto/São Bernardo FC