Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Com quatro da Portuguesa, Escanteio SP elege seleção da 14ª rodada da Série A2

Time de ideal da rodada teve jogadores de oito equipes diferentes

Redação Publicado em 28/08/2020, às 12h50

A Lusa não perde há oito jogos na Série A2
A Lusa não perde há oito jogos na Série A2 - Foto: Divulgação/Portuguesa

Sem tantos gols como na primeira rodada pós-pandemia, os jogos do meio de semana do Campeonato Paulista da Série A2 garantiram mais quatro equipes no mata-mata e praticamente decretaram o rebaixamento de uma. Vários jogadores tiveram boas participações em resultados decisivos para seus times, mas o Escanteio SP escolheu 11 e um treinador para formar a seleção da 14ª e penúltima rodada da primeira fase. 

A escalação feita pela equipe do Escanteio SP: Jordan (Red Bull Brasil); Alex Reinaldo (São Caetano), Douglas Assis (São Bento), Guilherme Paraíba (Sertãozinho) e Vinícius Silva (Portuguesa); Carlão (Portuguesa), Danilo Pereira (Atibaia) e Léo Jaime (São Bernardo); Fabinho Alves (Sertãozinho), Lucas Douglas (Portuguesa) e Isaac Prado (Monte Azul). Treinador: Fernando Marchiori (Portuguesa).

Por que o Escanteio SP escolheu cada jogador?

Jordan (Red Bull Brasil) – Apesar da vitória, o Red Bull Brasil foi pressionado pelo Penapolense em praticamente todo o primeiro tempo e em boa parte da segunda etapa. O Toro Loko só saiu com o importantíssimo triunfo diante do concorrente direto na luta contra a degola por causa do goleiro Jordan, que fez pelo menos quatro grandes defesas durante a partida.

Alex Reinaldo (São Caetano) – O lateral-direito é o único jogador que esteve na seleção do Escanteio SP nas duas rodadas pós-pandemia da Série A2. Na vitória contra o Votuporanguense, Alex Reinaldo foi mais uma vez letal na bola parada, dando uma assistência para o gol de Luan Costa e cobrando o escanteio que ocasionou o gol de Domingos.

Alex Reinaldo apareceu de novo na seleção do Escanteio SP - Foto: Fabrício Cortinove/São Caetano

Douglas Assis (São Bento) – Após perder vários zagueiros durante a pausa da pandemia e contratar reforços para o setor, o São Bento tem em Douglas Assis uma unanimidade no setor. Diante do Audax, o zagueiro foi mais uma vez consistente, deu segurança para a defesa e teve ótima participação em mais uma vitória do Bentão na Série A2.

Guilherme Paraíba (Sertãozinho) – Um dos poucos remanescentes do Touro dos Canaviais para a retomada da Série A2, o zagueiro teve atuação segura contra o ataque do então líder Taubaté, conseguiu brecar David Batista e ajudou o Sertãozinho a encerrar uma sequência de 10 jogos sem vencer.

Vinícius Silva (Portuguesa) – Titular em 13 dos 14 jogos da Lusa na Série A2, o lateral-esquerdo é um dos pilares do melhor sistema defensivo da competição. Na vitória sobre o Juventus, Vinícius Silva conseguiu neutralizar Bruno Xavier, principal válvula de escape do ataque do time da Mooca.

Carlão (Portuguesa) – Sem Caíque, o volante foi um dos reforços da Portuguesa que ganhou chances na equipe titular logo de cara. E correspondeu. Além de dar sustentação para a retaguarda rubro-verde continuar desempenhando um bom papel, Carlão chegou a atuar como zagueiro em parte da segunda etapa por conta da saída de Willian Magrão.

Danilo Pereira (Atibaia) – De volta ao Atibaia após passagem pelo futebol mato-grossense, o meia-armador foi titular nas duas partidas pós-pandemia e teve participação direta no triunfo do Falcão sobre o Rio Claro, marcando o primeiro gol em bela jogada individual e comandando o ataque da equipe.

Léo Jaime (São Bernardo) – Depois de começar no banco de reservas, o veterano meia entrou no Bernô na volta do intervalo justamente no lugar do artilheiro Marlyson. E fez papel de goleador. Marcou dois gols e ajudou o São Bernardo a vencer o confronto direto com o XV de Piracicaba de virada. 

Léo Jaime brilhou na vitória do Bernô sobre o XV - Foto: Rodrigo Corsi/FPF

Fabinho Alves (Sertãozinho) – Um dos vários reforços do Touro dos Canaviais para a retomada da Série A2, o atacante chegou a figurar entre os reservas na escalação passada pela assessoria, mas começou jogando e apareceu como a principal válvula de escape da equipe de Thiago Oliveira. Após perder uma chance cara a cara no primeiro tempo, Fabinho não desperdiçou na segunda etapa e decretou a importante vitória do Sertãozinho sobre o então líder Taubaté.

Lucas Douglas (Portuguesa) – Como ele mesmo disse após a partida, o atacante viveu uma tarde especial na sua estreia no Canindé. Lucas Douglas marcou os dois gols do triunfo da Portuguesa no duelo tradicional com o Juventus e garantiu a Lusa na próxima fase da Série A2.

Lucas Douglas teve atuação de gala no duelo com o Juventus - Foto: Divulgação/Portuguesa

Isaac Prado (Monte Azul) – O artilheiro da Copa São Paulo de 2015 não participou ativamente da partida contra a Portuguesa Santista, mas como um bom centroavante precisou de apenas uma bola para entrar na seleção do Escanteio SP. Isaac Prado garantiu o importante triunfo do Monte Azul no duelo direto com um chute colocado da entrada da área e deixou o AMA em boas condições de ir ao mata-mata.

Fernando Marchiori (Portuguesa) – Sem praticamente um susto no setor defensivo, a Lusa dominou o Juventus e não teve dificuldades para vencer o duelo no Canindé. Após a chegada de Fernando Marchiori, não sofrer gols e vencer jogos se tornou uma rotina para o torcedor rubro-verde. São 20 pontos conquistados de 27 possíveis, a melhor defesa da Série A2 e 360 minutos sem ser vazada.

Entre para os grupos do Escanteio SP no Whatsapp para receber notícias em primeira mão