Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Com surto de covid-19, São Bento vai entrar em campo com goleiro na linha

Clube de Sorocaba tem 12 jogadores saudáveis para a partida desta segunda-feira

Redação Publicado em 26/10/2020, às 15h33 - Atualizado às 15h35

Edson Vieira terá problemas para escalar o time
Edson Vieira terá problemas para escalar o time - Foto: Divulgação/EC São Bento

O São Bento não vai bem no Campeonato Brasileiro Série C e terá vida dura no jogo desta segunda-feira (26), às 18h. Contra o Criciúma, a equipe terá apenas 12 jogadores em condições de jogo, sendo três goleiros. Um deles, portanto, vai atuar na linha para que o time tenha 11 jogadores em campo.

Conforme noticiado inicialmente por Emilio Botta, do GE, o São Bento pediu o adiamento da partida à CBF, que recusou o pedido. A entidade manteve o jogo alegando que o clube tem jogadores suficientes para entrar em campo.

Dessa forma, o clube de Sorocaba terá um goleiro atuando na linha e praticamente não terá opções no banco. Dos reservas à disposição de Edson Vieira, um será goleiro e outros quatro serão jogadores lesionados, sem condições de jogo.

Em nota (veja a seguir), o São Bento repudia a decisão da CBF de manter a partida. Ao todo, o elenco tem 15 jogadores com teste positivo para covid-19 e outros dois atletas com sintomas, que também não serão relacionados, além de um jogador suspenso.

Bastante desfalcado, o São Bento enfrenta o Criciúma nesta segunda-feira, às 18h, no Estádio Walter Ribeiro. A partida é válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C, no qual o Bentão é lanterna do Grupo B com oito pontos. O São José-RS, primeiro time fora da zona de rebaixamento, tem 13 pontos em 12 jogos.

Veja a nota do São Bento na íntegra

O Esporte Clube São Bento não compactua com a decisão da CBF em manter o jogo de hoje.

Os protocolos sanitários foram e continuam sendo seguidos pelo ECSB, mas infelizmente um surto de COVID-19 atingiu nosso elenco. Pedimos o adiamento da partida, mas o pleito foi recusado pela CBF, que confirmou o jogo para hoje. Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão na partida: comissão e atletas do ECSB, comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios. Ao todo, são 15 jogadores testados positivos e mais 02 com sintomas, teremos que relacionar jogadores que estão no departamento médico para que ocorra essa partida. Infelizmente teremos que ir pro jogo sem banco de reservas e com um goleiro atuando na linha.