Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPYoutube Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2022 terá presença de público

Custos de operação serão das sedes; jogadores e membros de comissão vacinados não passarão por testes de Covid-19

Redação Publicado em 23/12/2021, às 18h27

Guaratinguetá será uma das sedes do torneio
Guaratinguetá será uma das sedes do torneio - Foto: Divulgação/PMG

A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou nesta quinta-feira o protocolo de operação das partidas da Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano que vem. A entidade informou que liberou a entrada de público nos estádios. 

Os clubes-sede ou cidades-sede serão os responsáveis por desenvolver e implementar todas os processos necessários para garantir a entrada dos torcedores, respeitando os protocolos sanitários implantados pelo governo de São Paulo. 

Para ter acesso ao estádio, o torcedor deverá apresentar comprovante das duas doses ou dose única ou, caso tenha somente a primeira dose da vacina, deverá apresentar o resultado negativo do teste PCR realizado até 48 horas antes do jogo ou resultado negativo de teste antígeno com até 24 horas de antecedência. 

+ Apoie o Escanteio SP e receba indicações de apostas em competições do futebol paulista

Crianças menores de 11 anos deverão estar acompanhadas de seus responsáveis e apresentar
o resultado negativo do teste PCR realizado até 48 horas antes do jogo ou resultado negativo de teste antígeno com até 24 horas de antecedência. 

A FPF ainda recomenda para os organizadores da partida que solicitem uma série de informações aos torcedores, entre elas documento, e-mail, telefone e endereço, além de uma declaração referente ao entendimento dos riscos de contágio pela Covid-19 ao assistir uma partida de futebol. 

Jogadores plenamente vacinados não serão testados

Para amenizar os gastos dos clubes, os atletas e membros de comissão técnica que comprovarem o ciclo vacinal completo não terão a obrigatoriedade de realizar testes para participar das partidas.

Já o atleta ou membro de comissão técnica que apresentar o ciclo vacinal incompleto terá que realizar o teste de antígeno, com prazo de 24 horas antes de cada partida. Aqueles que não se vacinaram, nenhuma dose, deverão realizar o teste RT-PCR com prazo de 48 horas antes de cada partida.

Vale lembrar que, por conta da impossibilidade de realizar o torneio em 2021, a Copa São Paulo de Futebol Júnior da próxima temporada será sub-21. O torneio começa no dia dois de janeiro e terá seu encerramento no dia 25 do mesmo mês.