Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Delegado fala em “crime claro” do Barretos por manipulação; Olímpia tem partida sob suspeita

Cesar Saad comentou sobre a investigação em relação à venda de resultado do Barretos na partida com o Linense

Redação Publicado em 24/09/2020, às 13h00

Partida entre Barretos e Olímpia está sob investigação
Partida entre Barretos e Olímpia está sob investigação - Foto: Reprodução/FPF TV e MyCujoo

A vitória por 4 a 0 do Linense sobre o Barretos, pela 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3, está sob investigação da Drade (Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva) por suspeita de manipulação de resultado. Em entrevista à Jovem Pan na última quarta-feira, o delegado Cesar Saad revelou que se reuniu com o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, e falou em “crime claro”.

“Infelizmente, nós tivemos esse episódio envolvendo o Barretos. Pelas jogadas que pudemos ver, fica claro que são atitudes antidesportivas e um crime. O Estatuto do Torcedor prevê esse tipo de punição. Então, a Drade está investigando. Estou saindo de uma reunião na Federação Paulista de Futebol com o Reinaldo e o Dr. Olim (delegado), e nós vamos tomar atitudes tanto no âmbito esportivo, da Federação, quanto no criminal, da Polícia Civil”, disse o delegado.

Acompanhe o Escanteio SP no InstagramFacebook e Twitter

A partida teve vários lances estranhos, como uma puxeta de um jogador do Barretos contra o próprio gol, mas foi o quarto gol do Linense que gerou o gatilho para a investigação. Na ocasião, já nos acréscimos do segundo tempo, o zagueiro Roberth, do Barretos, estava sozinho em sua pequena área após cobrança de escanteio e marcou contra.

“Vamos receber da FPF o relatório da partida, mas, dos lances aos quais assistimos, o que fica nítido é, no fim da partida, um escanteio da equipe do Linense, o zagueiro do Barretos está dentro da pequena área e cabeceia contra o gol dele. A bola vai no ângulo… até seria um golaço se não fosse contra. Fica nítido que não foi sem querer”, afirmou.

“O jogador pode alegar que foi uma falha do campo, um problema da bola, que quis cabecear para um lado e foi para o outro… Mas nós temos outras provas, que são a oitiva de testemunhas e a interceptação telefônica… Tudo isso nos leva a outros meios de prova para que a gente consiga identificar os autores do aliciamento (os apostadores)”, acrescentou.

Por fim, Cesar Saad revelou que outras partidas estão sob suspeita, entre elas uma do Olímpia. Ele, entretanto, não revelou especificamente qual partida do Galo Azul. 

“Tem outros casos. O Barretos não é primário nessa questão de manipulação de resultados. Nós recebemos agora pela manhã uma informação de que houve uma suspeita de manipulação de resultado em um jogo do Olímpia. Assim que a gente tiver acesso ao relatório e outras informações, trago novamente aqui”, disse o delegado durante a entrevista.

Em nota, o Barretos garantiu que não houve a manipulação do resultado e se colocou à disposição para prestar esclarecimentos. O BEC ainda informou que está questionando a arbitragem da partida junto à Federação Paulista por se considerar prejudicado em três dos quatro lances de gol.

Receba as notícias da Série A3 no seu Whatsapp!