Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Desportivo Brasil empata com Penapolense e fica de fora do mata-mata da Série A3

Dragão Chinês precisava vencer e torcer contra Marília e Nacional

Redação Publicado em 25/05/2021, às 16h56

Equipes ficaram no 2 a 2
Equipes ficaram no 2 a 2 - Foto: Paulistão Play

Em duelo agitado nesta terça-feira, o Desportivo Brasil ficou no empate em 2 a 2 com o lanterna Penapolense, no Tenente Carriço, e perdeu a chance de se classificar para o mata-mata da Série A3 do Campeonato Paulista. A partida foi válida pela 15ª e última rodada da primeira fase.

Os resultados da rodada deixaram o Dragão Chinês em 10º colocado, com 20 pontos, ao fim da competição. Além de buscar o triunfo em Penápolis, a equipe precisava torcer contra Marília e Nacional, que venceram seus jogos. Já o Penapolense encerra sua participação na A3 na lanterna, com apenas 7 pontos.

CAP sai na frente, mas DB busca virada

O duelo começou amarrado em Penápolis, com as duas equipes sem conseguir criar muitas chances. O time da casa esperava na defesa para explorar os contra-ataques, enquanto o Desportivo Brasil tinha a posse de bola. E foram os visitantes que tiveram a primeira chegada de perigo, aos 21 minutos, mas o goleiro Thiago Rodrigues fez boa defesa.

O lance colocou fogo no jogo, e o placar foi inaugurado aos 38 minutos, pelos mandantes. Em venenosa cobrança de escanteio, a bola desviou em Bruno Bezerra e sobrou limpa para Matheus Carrasco apenas empurrar para as redes e colocar o Penapolense em vantagem. Com a necessidade de vencer para avançar, o Desportivo Brasil se viu obrigado a partir ainda mais para o ataque para buscar a virada. E conseguiu antes mesmo do intervalo.

Primeiro, aos 43 minutos, Alex Nemetz pegou a sobra na entrada da área e finalizou no ângulo para igualar o placar. Logo depois, aos 45, Tito tabelou com Luis Henrique, invadiu a área e tocou na saída do goleiro para anotar o gol da virada, antes das equipes descerem para os vestiários.

Fim do sonho para o Desportivo Brasil

Na etapa final, as chances diminuíram para os dois lados. O duelo ficou com mais disputas no meio de campo, e nenhuma das equipes conseguiam criar jogadas de mais perigo. Com a vitória parcial, o Desportivo Brasil chegou até a recuar suas linhas e dar a bola para o Penapolense.

O time da casa demonstrou dificuldade no setor ofensivo, mas se lançou ao ataque e buscou o empate, para complicar ainda mais a vida de seu adversário. Aos 35, Léo Carvalho cruzou na cabeça de Bruno Bezerra, que se antecipou à zaga e igualou o marcador. Dois minutos depois, o Desportivo Brasil conseguiu um pênalti, que poderia ajudar a equipe para uma eventual classificação. Contudo, na cobrança, Luis Henrique chutou para fora e a equipe viu as chances de classificação irem por água abaixo.