Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Edson Vieira exalta Primão e revela que Douglas Assis queria abandonar carreira para virar Uber

Treinador exaltou dupla que se destacou na campanha do Bentão

Redação Publicado em 01/10/2020, às 17h24 - Atualizado às 17h25

Edson Vieira falou sobre Primão e Douglas Assis
Edson Vieira falou sobre Primão e Douglas Assis - Foto: Neto Bonvino/ECSB

Após o acesso conquistado diante do São Bernardo, Edson Vieira exaltou dois jogadores fundamentais para o São Bento ao longo da reação no Campeonato Paulista da Série A2: o meio-campista Thiago Primão e o zagueiro Douglas Assis.

Aos 35 anos, Douglas Assis vinha de um 2019 muito complicado. No Brasil de Pelotas, sequer treinou por conta de lesões. No Sampaio Corrêa, fez apenas alguns jogos. Foram somente sete partidas na temporada. De volta ao São Bento, o veterano ganhou mais espaço e se firmou no time nos últimos antes da paralisação, justamente no período em que Edson Vieira assumiu o comando técnico.

Mesmo ganhando mais espaço, Douglas Assis decidiu abandonar a carreira em meio à paralisação por conta do coronavírus para trabalhar como motorista de aplicativo. Coube a Edson Vieira convencê-lo a seguir jogando.

“É uma história legal. O Douglas parou. Quando a gente foi para a pandemia, que achamos que a parada duraria apenas uma semana, o Douglas me disse: ‘Professor, estou trabalhando de Uber. Parei’. Respondi: ‘Não, não, não. Você não vai fazer isso”. Consegui fazer a cabeça dele e falei para ele jogar mais dois anos”, disse Edson Vieira em entrevista à Rádio Cruzeiro FM.

“O Douglas está aqui por causa de mim. Foi um pedido que fiz para ele e ele abraçou. Ele já tinha parado com futebol. É um cara muito digno. Não sei o que vai acontecer, mas se eu continuar aqui, o Douglas vai continuar aqui também”, acrescentou.

Acompanhe o Escanteio SP no InstagramFacebook e Twitter

Thiago Primão também ouviu os conselhos de Edson Vieira. Sem conseguir destaque como meia, o jogador escutou do treinador que poderia render mais como segundo volante. Ele comprou a ideia e figurou como um dos melhores jogadores do mata-mata da Série A2.

"Cheguei no Primão de coração e falei: ‘Você tem boa impulsão, sobe muito de cabeça, joga, marca, lança... Primão, você é segundo volante. Você não é meia, você não faz gol, não chega de trás para chutar. Você abraça isso?’. Ele abraçou a ideia”, contou Edson Vieira.

“Vai jogar em time grande. Na verdade, já jogou. Jogou no Coritiba. Posso estar enganado, mas acho que o Primão se empregou nessas semifinais. Hoje se você olhar os times da Série B do Brasileiro é muito raro achar um jogador como o Primão”, finalizou o treinador.

Receba as notícias do seu time diretamente no Whatsapp