Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

"Faltou equilíbrio": Luciano Dias aponta razão para eliminação do XV de Piracicaba na Copa Paulista

Treinador também destacou os gols perdidos pela equipe alvinegra

Nicola Ferreira Publicado em 27/10/2021, às 09h00

Luciano Dias tem contrato com o XV até o fim da Série A2 de 2022
Luciano Dias tem contrato com o XV até o fim da Série A2 de 2022 - Ruben Fontes Neto / XV de Piracicaba

Na noite desta terça-feira, o XV de Piracicaba foi eliminado pelo São Caetano nas quartas de final da Copa Paulista. À frente do placar durante o segundo tempo inteiro, o time sofreu o gol no último lance e perdeu nos pênaltis.

Para o treinador Luciano Dias, o Nhô Quim pecou no equilíbrio na hora que concedeu o empate. "Explicar derrota é complicado. O sentimento é de tristeza de todos nós. [...] Não estou aqui para explicar uma derrota, todos que estiveram no estádio viram como foi a atuação do XV, o que fizemos na partida. Controlamos o jogo até os últimos 30 segundos e ficou claro que faltou um pouco de equilíbrio para nós. Equilíbrio de saber que o jogo estava terminado, que a gente estava dominando, que estávamos com a bola no setor ofensivo. A gente poderia ter controlado mais o jogo", afirmou o comandante quinzista.

+ Apoie o Escanteio SP e receba indicações de apostas em competições do futebol paulista

Outro ponto mencionado pelo técnico foram as chances desperdiçadas pelo ataque do XV. "Tivemos inúmeras oportunidades e faltou um pouco de calma, capricho e um pouco de concentração. Eu falo isso porque a gente que ja jogou sabe que todo mundo ali quer fazer o melhor, mas no momento de tomada de decisão é aleatório, cada um pensa de uma maneira. Acho que tem que ficar claro que praticamente dominamos o jogo inteiro e faltou esse equilíbrio final", disse Luciano Dias.

Com contrato até o fim da Série A2 de 2022, o treinador não comentou sobre o seu futuro no comando do Alvinegro Piracicabano, nem quais serão os aprendizados com essa primeira competição à frente do XV.

"Nesse momento, a gente nem têm cabeça para pensar algo sobre sequência. A cabeça fica só lembrando o que aconteceu na partida, o que poderia ser diferente. Sinceramente, não é hora de pensar nisso. [...] não sei o que ainda vai acontecer. Vai ser difícil digerir essa eliminação hoje e amanhã vai ser um novo dia, vamos sentar com a direção conversar, até porque acho que nossa confiança é grande", completou o treinador do XV de Piracicaba.