Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Histórico treinador do Bragantino, Marcelo Veiga morre aos 56 anos

Técnico do São Bernardo estava internado com covid-19 em Bragança Paulista

Redação Publicado em 14/12/2020, às 17h20 - Atualizado às 18h14

Veiga comandou o Bragantino em mais de 500 partidas
Veiga comandou o Bragantino em mais de 500 partidas - Foto: Rafael Moreira/CA Bragantino

Histórico treinador do Bragantino, Marcelo Veiga morreu nesta segunda-feira (14) em decorrência da covid-19. Ele tinha 56 anos e comandava São Bernardo desde o início de 2020. Veiga estava internado e entubado na UTI da Santa Casa de Bragança Paulista.

Marcelo Veiga começou sua trajetória no futebol como lateral-esquerdo, atuando em clubes como Santo André, Santos, Internacional-RS, Goiás, Bahia, Portuguesa e Fortaleza-CE em 18 anos de carreira entre 1982 e 1999.

Sua carreira como técnico começou em 2004, aos 39 anos. Em 16 anos como treinador, ele trabalhou em vários clubes de São Paulo, como Portuguesa, Francana, Paulista, Botafogo, São Caetano, Guarani e Mogi Mirim. Pelo Brasil, ele também treinou Ferroviário-CE, América-RN e Remo-PA,

Porém a carreira de Marcelo Veiga como técnico ficou marcada pela forte ligação com o Bragantino. Em suas seis passagens pelo clube entre 2004 e 2019, Veiga esteve à beira do campo em incríveis 516 partidas e conquistou dois títulos: o Campeonato Brasileiro Série C de 2007 e a Série D de 2015.

Após a saída do Bragantino com a chegada da Red Bull ao clube e uma curta passagem pelo Ferroviário-CE, o treinador assumiu o São Bernardo em 2020 e bateu na trave na busca pelo acesso à Série A1 do Campeonato Paulista, perdendo nas semifinais para o São Bento.

Na Copa Paulista, Veiga comandou o São Bernardo apenas na primeira rodada, sendo diagnosticado com covid-19 em seguida e substituído pelo auxiliar Sérgio Ricardo. A última partida do técnico foi no dia 4 de novembro, na Rua Javari, empate por 1 a 1 com o Juventus.

Foto: Gabriel Goto/São Bernardo FC