Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Melhores jogadores da Copa Paulista: posições 50 a 41

Em votação interna, Escanteio SP elegeu os 50 melhores jogadores inscritos ou anunciados para a Copa Paulista

Redação Publicado em 08/09/2021, às 10h00

O meia Cesinha é um dos vários representantes da Portuguesa na lista
O meia Cesinha é um dos vários representantes da Portuguesa na lista - Foto: Divulgação/Portuguesa

Às vésperas da Copa Paulista, o Escanteio SP escolheu, em votação interna, os 50 melhores jogadores dentre todos os inscritos ou anunciados pelos 17 clubes. A lista será divulgada durante cinco dias, com 10 posições por vez.

O ranking está fechado a partir da data da primeira publicação. Dessa forma, a lista será mantida indepentende de contratações ou saídas nos clubes.Veja o cronograma das posições:

Bateram na trave

  • Luiz – goleiro, São Caetano
  • Felipinho – meia, Velo Clube
  • João Gabriel – zagueiro, Juventus
  • Natan – volante, São Bernardo
  • Matheus Blade – zagueiro/lateral, Noroeste
  • Renan Diniz – zagueiro, São Bernardo
  • Dogão - zagueiro, São Bento (fora da Copa Paulista por lesão)

50: Léo Cunha – lateral-direito, Votuporanguense

Foto: Rafael Bento/CA Votuporanguense


Depois de duas temporadas no futebol da Suécia, Léo Cunha chegou ao Votuporanguense durante o Campeonato Paulista Série A3 e se tornou titular absoluto ao longo da campanha. Tanto o CAV quanto o lateral vêm embalados para a Copa Paulista após chegarem às semifinais do estadual. – Enrico Liberatori

49: Victor Bolt – volante, Botafogo

Foto: Agência Botafogo


Aos 34 anos, Victor Bolt já está no Botafogo-SP há duas temporadas. Titular na Série B de 2020 e no Campeonato Paulista Série A1 deste ano, o volante perdeu espaço na Série C, mas ainda é importante no elenco do time de Ribeirão Preto. – Lorenzo Meyer

48: Léo Costa – meia, São Bento

Foto: Divulgação/EC São Bento


Armador e com a habilidade de entrar na área para finalizar, Léo Costa pode ser fundamental para o bom funcionamento do ataque do São Bento. Entretanto, o meia-atacante não conseguiu ter o mesmo desempenho que teve na Portuguesa Santista e passou longe de ser um destaque da equipe de Sorocaba. – Nicola Ferreira

47: Leandro Amaro – zagueiro, São Bernardo FC

Foto: Gabriel Goto/São Bernardo FC


O ex-palmeirense já está há quase dois anos vestindo a camisa do São Bernardo e tem evoluído na saída de bola para se adequar ao sistema de jogo de Ricardo Catalá. Na Série A2, Leandro Amaro revezou entre o time titular e o banco de reservas, mas foi importante sempre que esteve em campo. – Lorenzo Meyer

46: Cesinha – meia, Portuguesa

Foto: Divulgação/Portuguesa


Ponta mais focado na armação do que na finalização de jogadas, Cesinha chegou à Portuguesa após o vice da Série A2 pelo Água Santa e se firmou como titular do time de Fernando Marchiori. Aos 24 anos, o meia já tem certa experiência na Copa Paulista e vai disputar sua quarta edição na carreira. – Enrico Liberatori

45: Dheimison – goleiro, Portuguesa

Foto: Dorival Rosa/Portuguesa


Cometeu dois erros que resultaram em gol durante a Série D do Brasileirão, mas salvou a Portuguesa em várias oportunidades desde 2020. O goleiro de 32 anos já superou a marca de 30 jogos pela Lusa e foi peça fundamental no título da Copa Paulista do ano passado, principalmente na disputa de pênaltis nas quartas de final. – Enrico Liberatori

44: Guilherme Souza – zagueiro, Atibaia

Foto: Reprodução/TV Falcão


Desconhecido em comparação aos outros zagueiros do Atibaia na Série A2, Guilherme foi aos poucos garantindo sua posição de titular até não perdê-lá mais, colocando Dogão ou Jean Pablo no banco de reservas. Além da consistência defensiva, o jogador se mostrou um excelente zagueiro-artilheiro ao balançar duas vezes as redes adversárias. Forte na defesa e um perigo dentro da área dos rivais, Guilherme Souza será um dos principais nomes da defesa de Alberto Félix. – Nicola Ferreira

43: Thiaguinho – lateral-direito, São Caetano

Foto: Luciano Luiz/AD São Caetano


Com longas passagens por Nacional e Juventus e várias edições de Copa Paulista no currículo, Thiaguinho será um dos líderes do elenco do São Caetano, que passa por uma reconstrução após dois rebaixamentos seguidos. Além da liderança pela experiência, o lateral de 29 anos será uma das referências técnicas do Azulão. – Enrico Liberatori

42: Patrick – zagueiro, Portuguesa

Foto: Dorival Rosa/Portuguesa


A Portuguesa conta com zagueiros experientes e rodados pelo futebol brasileiro, mas um jovem de 22 anos vem roubando a cena na campanha da equipe na Série D. Patrick, que pouco atuou na Série A2, assumiu a titularidade na competição nacional e tem se firmado na equipe. Pode apresentar alguma irregularidade por ser jovem e tem fundamentos a serem lapidados, mas é um atleta de bom potencial. Além das características de um ótimo zagueiro, ainda tem presença de área no ataque. Já são dois gols marcados nesta temporada. – Guilherme Goya

41: Rafael Compri – meia, Taubaté

Foto: Divulgação/EC Taubaté


Lateral-direito de origem, Rafael Compri foi um dos destaques da Portuguesa Santista na disputa da Série A2 deste ano. No entanto, ele se destacou longe da posição original e foi importante atuando como meia-atacante. Ele marcou um gol no campeonato e foi um dos principais armadores da equipe da Baixada Santista. Resta saber como o treinador Douglas Leite vai utilizar essa polivalência de Compri e em qual posição ele jogará – Nicola Ferreira