Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Nacional joga bem e abre vantagem sobre o Noroeste nas quartas da Série A3

Equipe da capital venceu por 2 a 0 e pode perder por um gol de diferença na volta, em Bauru

Enrico Liberatori, Lorenzo Meyer Publicado em 28/05/2021, às 16h55 - Atualizado às 16h56

Nacional abriu boa vantagem em casa
Nacional abriu boa vantagem em casa - Foto: Lorenzo Meyer/Escanteio SP

O Nacional abriu vantagem importante no mata-mata do Campeonato Paulista Série A3. Nesta sexta-feira (28), enfrentando o Noroeste, o Naça venceu por 2 a 0 no Nicolau Alayon e pode perder por um gol de diferença na volta, em Bauru, na próxima segunda-feira (31).

Os gols da partida foram marcados por Mendes, em falha do goleiro Wendell Péricles, e Éder Paulista, que se isolou ainda mais na artilharia da Série A3. O camisa 9 nacionalino tem incríveis 13 gols em 16 jogos na temporada.

Com a vitória por 2 a 0 na ida, o Nacional pode até perder por um gol de diferença que ainda estará classificado para as semifinais. O Noroeste precisa vencer por dois gols para conquistar a vaga – em caso de empate no placar agregado, o Norusca avança por ter melhor campanha.

Nacional abre o placar

Os primeiros 15 minutos de partida foram os mais intensos da etapa final. Tanto Nacional quanto Noroeste buscaram abrir o placar e conseguiram finalizar de média distância, porém os goleiros Rafael Vianna e Wendell Péricles demonstraram segurança entre as traves.

Aos 25 minutos, porém, a sorte do goleiro do Norousca mudou da água para o vinho. Após finalização de fraca e rasteira de Mendes, de fora da área, Wendell Péricles aceitou e o Nacional abriu o placar no Nicolau Alayon com um verdadeiro frango.

A tensão na Barra Funda aumentou com o placar aberto. Pouco depois do primeiro gol, Richarlyson se desentendeu com um gandula e iniciou uma confusão entre os dois times. Sobrou cartão para o camisa 20 e o primeiro tempo teve quatro minutos de acréscimos.

Noroeste arrisca e não petisca

Tentando buscar o empate, o técnico Luiz Carlos Martins realizou três alterações no intervalo e deixou o Noroeste mais ofensivo: tirou Rogério Maranhão, Yamada e Alecsandro para colocar Thiago, John Egito e Leleco. Mais tarde, Euller entrou no lugar de Richarlyson.

Mesmo assim, foi o Nacional que ampliou a vantagem aos 24 minutos com o artilheiro da Série A3. Após excelente jogada do lateral-esquerdo César, que cruzou todo o campo a partir da defesa, Éder Paulista recebeu em profundidade, tocou por cima do goleiro e marcou seu 13º gol em 16 jogos na temporada.

O segundo gol do time mandante esfriou a partida no Nicolau Alayon. O Noroeste tentou o gol até o apito final, mas parou em Rafael Vianna, que teve bom desempenho quando exigido e manteve o placar empatado.

Ataque inspirado

Com mais dois gols marcados diante do Noroeste, o Nacional manteve a média de dois gols por jogo na Série A3. Agora, a equipe da capital paulista marcou 32 vezes em 16 jogos.

Nacional 2 x 0 Noroeste

Data: 28 de maio de 2021, sexta-feira
Horário: 15h00
Local: Estádio Nicolau Alayon, São Paulo, SP
Árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues
Assistente 1: Eduardo Vequi Marciano
Assistente 2: Bruno Silva de Jesus

Cartões amarelos: Messias (Nacional); Richarlyson (Noroeste)
Cartões vermelhos:
Gols: Mendes e Éder Paulista (Nacional)

Escalações

Nacional: Rafael Vianna; Messias, Everton, Gustavo França e César; Reinaldo, Brener (Guilherme Nascimento), Guilherme Lobo (Emerson Mi) e Mendes; Walace (Paolo) e Éder Paulista
Técnico: Ricardo Silva

Noroeste: Wendell Péricles; Matheus Blade, Guilherme Teixeira, Maycon e Bruno Recife; Jonatas Paulista, Rogério Maranhão (John Egito), Yamada (Leleco) e Richarlyson (Euller); Pedro Felipe e Alecsandro (Thiago)
Técnico: Luiz Carlos Martins