Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

São Caetano e XV empatam no Anacleto e decidem a classificação no Barão

XV de Piracicaba saiu na frente com Lúcio Flávio, mas o São Caetano empatou com Portuga e Livinho perdeu gol incrível

Gabriel Ambrós e Lorenzo Meyer Publicado em 23/10/2021, às 17h09

Livinho participou do gol do Azulão e perdeu chance incrível de virar o placar
Livinho participou do gol do Azulão e perdeu chance incrível de virar o placar - Foto: Lorenzo Meyer/Escanteio SP

Em jogo muito movimentado, o São Caetano recebeu o XV de Piracicaba neste sábado (23) e empatou por 1 a 1, no jogo de ida das quartas de final da Copa Paulista.

Os visitantes saíram na frente do placar com Lúcio Flávio no 1º tempo. Ainda na etapa inicial, Portuga empatou para os donos da casa após rebote em cabeçada de Livinho.

Com o resultado, qualquer vitória classifica os times no jogo de volta. A Copa Paulista não conta com gol fora de casa, então em caso de novo empate a decisão vai para os pênaltis.

O jogo decisivo acontece na próxima terça-feira, às 20h00 (de Brasília), no Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

O jogo

Jogando em casa, o São Caetano teve a primeira grande chance da partida. Aos 12 minutos, Christiano achou belo passe de calcanhar para Portuga, que bateu em cima do goleiro.

Em duelo equilibrado, foi o XV de Piracicaba que encontrou o caminho da rede primeiro. Aproveitando muito o espaço nas pontas, Léo Ceará recebeu lançamento na esquerda, limpou a jogada e cruzou. Lúcio Flávio pegou a sobra e bateu devagar no canto direito para marcar. 1 a 0 para os visitantes.

Após o gol, o XV teve um momento de superioridade e parecia ter mais controle da partida. Aos 30, Carlos Alberto foi acionado na direita e cruzou para Franklin, que cabeceou fraco para defesa de Luís.

Mas o cenário mudou logo em seguida. Aos 31, jogada pelo lado esquerdo do ataque do São Caetano e cruzamento certeiro para Livinho. O atacante cabeceou, Belliato defendeu e no rebote Portuga mandou para as redes. A arbitragem assinalou impedimento e, após mais de cinco minutos de análise do VAR, mudou a decisão e deu o gol.

O jogo continuou equilibrado e movimentado na etapa final. Aos cinco, Parrudo roubou a bola no campo de ataque e serviu Léo Ceará, que bateu por cima do gol.

Aos dez, Livinho teve a chance de ouro para sacramentar a virada do São Caetano, mas perdeu um gol inacreditável. Portuga foi lançado na área, dominou e ajeitou de calcanhar. O camisa 7 chegou batendo cara a cara com o goleiro, da marca do pênalti, e jogou para fora.

Aos 31, Portuga recebeu bom passe em profundidade dentro da área, driblou o goleiro e sofreu pênalti. A arbitragem, porém, marcou impedimento do atacante no lance e cancelou a penalidade máxima.

Chance para lá, chance para cá, mas no fim 1 a 1 no Anacleto Campanella.