Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Seleção da 13ª rodada da Série A2 tem estreantes e formação ofensiva

Com 31 gols em oito jogos, o Escanteio SP decidiu formar o time da 13ª rodada com jogadores ofensivos distribuídos em um 3-5-2

Redação Publicado em 21/08/2020, às 15h30 - Atualizado às 15h35

Bruno Xavier estreou com dois gols
Bruno Xavier estreou com dois gols - Foto: Ale Vianna/ C.A.Juventus

Após mais de cinco meses de paralisação, o Campeonato Paulista da Série A2 voltou com tudo. Foram 31 gols em oito jogos, o que culminou em um média de quase quatro bolas na rede por jogo. Deste modo, o Escanteio SP elegeu a seleção da rodada dando preferência pelo ataque. Por isso, a escolha foi pelo 3-5-2, com um lateral fazendo a zaga pela direita.

Escalação da seleção do Escanteio SP para a 13ª rodada da Série A2: Rafael Dida (Taubaté); Alex Reinaldo (São Caetano), Willian Magrão (Portuguesa) e Bruno Maia (Portuguesa); Everton Dias (São Caetano), Galego (Portuguesa Santista), Bruno Xavier (Juventus), Matheus Humberto (Rio Claro) e Pará (Penapolense); Macena (XV de Piracicaba) e Alvinho (Votuporanguense). Treinador: Adilson Teodoro (Rio Claro).

Por que o Escanteio SP escolheu cada jogador?

Rafael Dida (Taubaté) – No fechamento da 13ª rodada, o Taubaté é o líder da competição, enquanto o Red Bull Brasil está em último. Mas se engana quem pensa que o Burro venceu os garotos da multinacional de bebidas com facilidade. Atuando como titular pela primeira vez na competição, já que Willian Menezes estava suspenso, Rafael Dida fez grandes intervenções ao longo da partida e foi um dos responsáveis pela vitória do time do Vale do Paraíba por 2 a 1.

Rafael Dida apareceu muito bem pelo Taubaté - Foto: Caíque Toledo / EC Taubaté

 

Alex Reinaldo (São Caetano) – O lateral se notabiliza mais pela ação ofensiva do que pela capacidade de defender, mas não poderia ficar de fora da seleção desta rodada. Foi um dos motivos pela opção pelo esquema de três defensores, com ele atuando pela direita. Diante do São Bernardo, a bola parada de Alex Reinaldo foi fundamental para o triunfo do Azulão por 4 a 3. O lateral esteve envolvido diretamente em dois dos quatro gols do Pequeno Gigante.

Willian Magrão (Portuguesa) – O veterano fez mais uma partida consistente na vitória da Portuguesa sobre o Sertãozinho. Vale ressaltar que a Lusa tem a melhor defesa da competição e foi a única equipe a não sofrer gols na rodada pós-pandemia. Muito do poderio defensivo da defesa rubro-verde passa pela participação do atleta de 33 anos.

Bruno Maia (Portuguesa) – Formando dupla de zaga com Willian Magrão, Bruno Maia fez uma partida segura e manteve a retaguarda rubro-verde intacta ao final dos 90 minutos. Além de fazer sua parte, aproveitou cobrança de escanteio, balançou as redes e garantiu a vitória da Lusa por 1 a 0 sobre o Sertãozinho.  

Bruno Maia e Willian Magrão comemorando o gol da Lusa - Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

 

Everton Dias (São Caetano) – Estreando no Azulão justamente no clássico, o jogador foi escalado como primeiro volante, dando sustentação para a defesa. Mas foi no ataque que ele se destacou. Fez o primeiro gol do São Caetano em um lindo chute de primeira, esteve envolvido no lance do segundo gol e ainda sofreu o pênalti do terceiro tento, marcado por Emerson Santos. Ou seja, o estreante teve participação direta em três dos quatro gols do Pequeno Gigante.

Galego (Portuguesa Santista) – O meia-atacante é o único jogador da seleção que não venceu na rodada, mas não poderia ficar de fora. Centralizando praticamente todas as investidas ofensivas da Briosa, Galego fez um de pênalti e marcou o segundo gol da Briosa. Faltou pouco para o jogador, que já era um dos destaques da competição antes da pandemia, evitar a derrota da Portuguesa Santista para o Juventus na Rua Javari por 3 a 2.

Bruno Xavier (Juventus) – Tido como uma das principais contratações para a retomada da Série A2, o meia não decepcionou. Seis dias após ser anunciado oficialmente, Bruno Xavier entrou em campo pelo Moleque Travesso e marcou dois gols, garantindo a vitória da equipe da Mooca sobre a Briosa.

Bruno Xavier estreou com dois gols - Foto: Ale Vianna/ C.A.Juventus

 

Matheus Humberto (Rio Claro) – Após jogar menos de 90 minutos pela Caldense no Campeonato Mineiro, o meia de 31 anos chegou para o Galo Azul como uma das apostas para a equipe espantar a desconfiança da campanha de antes da pandemia. E fez isso logo no primeiro tempo. Matheus Humberto deu duas assistências na vitória do Rio Claro sobre o Audax.

Felipe Pará (Penapolense) – Uma das contratações do CAP para fugir do rebaixamento, o meia entrou no intervalo na vaga de Adriano Paulista. Com 15 minutos em campo, marcou o segundo do Penapolense e, nos acréscimos, decretou a importante vitória por 3 a 1 para cima do Monte Azul em bela jogada individual.

Macena (XV de Piracicaba) – Após sofrer com lesões antes da pausa da pandemia, o atacante se recuperou e mostrou o motivo de ser a grande esperança de gols do Nhô Quim. Antes mesmo dos 13 minutos do primeiro tempo, Macena já havia feito dois gols e dado uma boa vantagem para o XV de Piracicaba no Barão de Serra Negra. O time de Evaristo Piza só não contava com o faro de gol do jogador que a escalação da seleção do Escanteio SP.

Macena marcou dois gols - Foto: Michel Lambstein/XV de Piracicaba

 

Alvinho (Votuporanguense) – Artilheiro da Série A2 de 2019, o atacante precisou de 20 minutos em campo para entrar na seleção do Escanteio SP. Alvinho entrou na partida aos 30 do segundo tempo, quando o XV de Piracicaba vencia por 2 a 0. Em 11 minutos dentro do campo do jogo, o atacante diminuiu o placar e, nos acréscimos, garantiu um valioso empate para o Votuporanguense.

Treinador: Adilson Teodoro (Rio Claro) – Mesmo com uma sequência de cinco jogos sem vencer antes da pandemia, o treinador recebeu a confiança da diretoria e seguiu no cargo para a retomada da Série A2. E correspondeu. Adilson Teodoro armou um Rio Claro ofensivo, viu seu time fazer 3 a 0 ainda no primeiro tempo e deu até para tirar o pé na segunda etapa. Triunfo do Galo Azul sobre o Audax por 3 a 1 e confiança para o prosseguimento do trabalho do treinador.

Entre para os grupos do Escanteio SP no Whatsapp!