Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Séries A2 e A3 do Campeonato Paulista não serão interrompidas

Mesmo com agravamento da pandemia em São Paulo, governo estadual mantém os jogos de futebol

Redação Publicado em 10/03/2021, às 14h47

Partidas de futebol seguirão acontecendo em São Paulo
Partidas de futebol seguirão acontecendo em São Paulo - Rodrigo Corsi/FPF

Na tarde desta quarta-feira, o governador João Doria (PSDB) anunciou que as partidas de futebol seguirão acontecendo em São Paulo. Apesar da pandemia estar se agravando, os jogos não serão paralisados.

Dessa forma, os jogos previstos para esta quarta-feira vão acontecer. A terceira rodada da Série A2 e a segunda da Série A3 terão todas as partidas disputadas hoje.

Na última terça, o procurador geral de Justiça, Mário Sarrubbo, do Ministério Público de São Paulo, se manifestou contra a realização de jogos de futebol enquanto o estado estivesse na fase vermelha do Plano SP. De acordo com ele, a paralisação é “imprescindível”. O governador Doria optou por não seguir a recomendação.

Em contrapartida, a Federação Paulista de Futebol se posicionou contra a paralisação, listando em nota oficial três “critérios científicos que embasam a continuidade do futebol”. Porém, o governo estadual optou por paralisar as competições.

Apostador? Assine o Escanteio SP e receba relatórios das Séries A2 e A3

"Essas recomendações do Ministério Público (de paralisação do campeonato) acompanham a discussão de medidas que podem ser necessárias para além do que temos hoje na fase vermelha. Estamos trabalhando em como viabilizar medidas que podem de fato aumentar o nível de isolamento social", disse Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência de combate à Covid, ao ser questionado sobre a manutenção dos jogos de futebol no estado. 

"O que precisamos é reduzir o contato entre as pessoas. Isso se faz ficando em casa. Já tivemos resultado positivo nos primeiros dias de fase vermelha. Elas (novas medidas restritivas) podem fazer parte de uma série de medidas que vão se somar ao que já temos hoje. Se for necessário, o governador vai anunciar assim que for conveniente", acrescentou. 

São Paulo registrou ocupação de 80% nos leitos de UTI e teve 517 mortes em decorrência da Covid-19 nas últimas 24 horas. No Brasil, o recorde de óbitos foi registrado na última terça-feira. Foram 1954 óbitos, de acordo com o consórcio dos veículos de imprensa.