Escanteio SP
Facebook Escanteio SPTwitter Escanteio SPInstagram Escanteio SP

Velo Clube bate o Juventus por 2 a 0 e se afasta da degola na A2

Tom brilha com um gol e uma assistência; Juventus chega à segunda derrota consecutiva

Bruno Genovesi, colaboração para o Escanteio SP Publicado em 04/05/2021, às 00h07

None
- Foto: Ale Vianna/CA Juventus

O Velo Clube entrou em campo nesta segunda-feira (03) e venceu o Juventus por 2 a 0, em jogo válido pela 11ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista. O resultado é importantíssimo para a equipe rubro-verde se afastar das últimas colocações do torneio. 

Contando com uma noite inspirada de Tom, autor de um gol e uma assistência, a equipe de Rio Claro aproveitou o mando de campo e despachou o Juventus, que chegou a dois jogos sem vencer no torneio. O Galo Vermelho, inclusive, não perde há quatro rodadas.

Com a vitória, o Velo Clube foi a 12 pontos ganhos, se distanciou da degola e agora passa a sonhar com uma classificação para a próxima fase, tendo em vista que o time está a apenas 2 pontos do G8. Por outro lado, o Juventus saiu dos oito primeiros e agora aparece na nona posição com 13 pontos, um a menos que a 8ª colocada Portuguesa Santista.

Pressão do Velo Clube surte efeito

O Juventus começou melhor nos primeiros minutos, mas o Velo Clube veio decidido a fazer valer o mando de campo e logo dominou as ações. Com isso, o time de Rio Claro criou as principais oportunidades da primeira etapa, mas em muitas vezes pecou na pontaria ou esbarrou em um André Dias inspirado na meta juventina. 

Aos 32 minutos do primeiro tempo, o time da casa enfim conseguiu balançar as redes, fazendo justiça ao que se via em campo. Tom recebeu na área após contra-ataque, gingou contra a defesa e chutou cruzado, no cantinho direito do goleiro, que nada pôde fazer. 

Enquanto isso, o Juventus parecia sentir o desfalque do zagueiro Naílson, um dos principais destaques do time na temporada, e dava muitos espaços atrás. No ataque, o time até chegava com volume, mas pouco conseguia incomodar o goleiro Filipe Garça. O mau primeiro tempo do Moleque Travesso se refletiu até no comportamento dos atletas: Bruno Luiz e Will chegaram até a se envolver em discussão no gramado. 

Juventus melhora, mas leva no contragolpe

Precisando da vitória para se manter no G8 da A2, Sérgio Soares promoveu alterações no Juventus logo no intervalo. Cristian e Dudu entraram nos lugares de Diego e Bruno Luiz e deram mais ofensividade ao meio-campo da equipe. 

Logo aos 3 minutos, as mexidas surtiram efeito. Railan, o mais lúcido do Moleque durante o primeiro tempo, cruzou e Will finalizou, mas parou numa bela intervenção de Filipe Garça. O Juventus seguiu criando chances depois das substituições e, aos 23 minutos, Dudu aproveitou erro da zaga, saiu na cara do goleiro e chutou na trave. No rebote, Alvinho dominou com o guarda-redes fora da meta, mas carimbou o zagueiro ao finalizar. 

Quase no lance seguinte, veio o castigo para o Moleque Travesso. Após erro na saída de jogo, Judson abriu na direita e Tom cruzou rasteiro. No meio da área, Anderson Brito se atirou na bola e marcou o segundo dos mandantes.

Depois do 2 a 0 no placar, a equipe grená se desestruturou na partida e viu o adversário criar mais chances de ampliar, mas parar em mais defesas de André Dias. 

O que vem por aí

Na 12ª rodada da Série A2, o Velo Clube volta a campo na próxima quinta (06), quando visita o Atibaia. No mesmo dia, o Juventus vai em busca de sua recuperação e faz o Clássico dos Imigrantes diante da Portuguesa, na Arena Barueri.